Sala de refeições . Restauro e remodelação
Outubro 2007

Propõe-se uma solução que mantém no essencial a leitura dos espaços tal como se encontram actualmente.
É possível fazer o condicionamento através da colocação de um material absorsor sonoro que mantém o acabamento do tecto liso, conforme o existente. O material é constituído por placas de lã mineral feltrada com acabamento em cristais de quartzo, e é colocado sobre tecto de gesso cartonado. No que respeita à iluminação propõe-se uma solução mista, composta de 3 sancas de luz indirecta e spots alimentados por armaduras de luz fria e protegida por difusor opalino. Estes elementos ficam à face do tecto e resultam de grande discrição porque prolongam a mancha de cor uniforme.

Arquitectura: Teresa Nunes da Ponte
Colaboração: Sónia Antunes, Pedro Gomes
Fotografias: Teresa Nunes da Ponte, arquitectura

Dono de Obra: Fundação Calouste Gulbenkian
Coordenação Geral: Serviços Centrais – Celso Matias, Osório Tomás
Área de Intervenção: 352 m2
Morada: Av. de Berna 45 . Lisboa